Modelo de e-mail: 10 melhores exemplos prontos para enviar e obter mais resultados

Modelo de e-mail: 10 melhores exemplos prontos para enviar e obter mais resultados
20/12/2023 • ... • 1693 visualizações
Eduardo Queiroz
Escrito por Eduardo Queiroz

Entre os muitos elementos que compõem uma estratégia de marketing via e-mail, os modelos de e-mail estão entre os mais importantes. É a partir deles que praticamente toda a mensagem será desenvolvida, já que um bom modelo de e-mail engloba a mensagem, o formato, o templates e muito mais.

Mas realmente vale a pena utilizá-los? E quais são os melhores modelos? Vamos responder tudo isso e ainda mostrar como desenvolver um exemplo do zero, então continue lendo para ficar por dentro e aprender muito mais.

O tipo de e-mail ideal: quais são os mais tradicionais?

A gigantesca maioria dos e-mails se enquadram em três categorias: notificações, promoções e conteúdo. Claro, não estamos falando de mensagens pessoais, mas de e-mails que fazem parte do processo de uma estratégia comercial entre empresa e clientes

Assim, confira nos tópicos abaixo como cada um deles funciona e quando podem ser utilizados como uma boa solução.

E-mails de notificação, avisos e confirmação

E-mail do C6 com confirmação de Pix
Exemplo de modelo de e-mail de acompanhamento

Sabe quando clientes se cadastram em uma loja e recebem um aviso no seu e-mail? Ou quando alguma rede social notifica sobre o processo de acesso em outro dispositivo também pelo e-mail? Essa é uma solução por e-mail que pode passar batida para a maioria dos usuários, mas possui muita importância no meio profissional.

Afinal, são mensagens com diferentes utilidades no meio comercial: manter seus clientes atualizados sobre alguma compra ou serviço, evitar falhas de segurança, confirmar o processo de registro ou até uma inscrição cancelada. Como adicional, ainda serve para aumentar o contato entre empresa e usuário, nutrindo um bom relacionamento entre marca e cliente. 

E-mails promocionais

E-mail com ofertas da Kabum
Exemplo de e-mail com ofertas

Ao nos referirmos a “e-mails promocionais”, não estamos nos limitando a mensagens com ofertas de produtos, serviços, descontos ou algo do tipo. Na verdade, essa categoria abrange desde esse tipo de envio até a apresentação da sua marca a novos clientes, processo de lançamento e assim por diante.

Dessa forma, mesmo que sua empresa não tenha uma estratégia “promocional” ou um processo semelhante, como nas focadas em serviço comercial B2B (Empresa para Empresa), essa ainda é uma categoria útil. Vale a pena entender mais sobre ela, principalmente quando se busca uma solução para aumentar a autoridade da sua marca através do e-mail.

E-mails de conteúdo

E-mail da newsletter Jurishand
Exemplo de e-mail básico com conteúdo

Por fim, o terceiro tipo é o de conteúdo. O exemplo mais fácil de encontrar são as newsletters, principalmente aquelas com uma coluna, com notícias e comentários. É um tipo bem específico de e-mail e não figura entre os mais presentes, mas possui grande importância.

Claro, nem todos os serviços vão encontrar uma solução nessa categoria, mas cada vez mais segmentos estão adotando o chamado “marketing de conteúdo”. Numa época em que é preciso se aproximar cada vez mais da sua base de clientes, é uma das formas mais proveitosas de atingir esse objetivo.

Por que um modelo de e-mail pode fazer diferença na sua estratégia

Talvez você pense no seguinte: “Por que utilizar modelos de email? Não é melhor sempre personalizar conforme os meus objetivos?”. Na verdade, usar um modelo de e-mail não significa que você perderá a personalização, mas que terá uma base pronta de onde começar.

Nesse sentido, em vez de passar bastante tempo criando mensagens do zero a cada campanha, sua equipe já terá um formato e referências. Inclusive, um bom banco de modelos de e-mail provavelmente pode ajudar até mesmo no processo de encontrar soluções para um problema específico. 

Por exemplo, imagine que sua empresa está lançando um novo produto, mas que não faz parte do catálogo tradicional. Criar uma estratégia totalmente nova para o lançamento via e-mail talvez tome muito tempo, estudo, esforço, investimento e soluções que podem demandar muito trabalho. 

Por outro lado, ter um modelo de e-mail que já foi usado anteriormente pode ser a solução adequada. Além de servir como um guia, ainda é possível analisar o que deu certo e o que deu errado em outras campanhas utilizando o mesmo modelo

Ou seja: traz economia de tempo, recursos e uma direção a ser seguida.

Crie seu modelo de e-mail: passo a passo completo

Dificilmente um mesmo modelo será útil para todos os casos. Por exemplo, seu padrão de e-mail para promoções dificilmente será semelhante ao utilizado para notificar/atualizar os clientes

Por conta disso, é interessante saber o processo de criar um modelo do zero, de forma que possa ser utilizado sem grandes dificuldades. Assim, cada tópico abaixo representa um procedimento necessário para formular, usar e até mesmo como fazer cada exemplar.

Use um domínio de e-mail profissional

Empresa com domínio profissional.

O passo inicial necessário para qualquer boa estratégia via e-mail, seja inbound outbound, é ter um endereço próprio. Em outras palavras, evite enviar um e-mail utilizando gmail, outlook ou outro semelhante.

Isso é justificável por uma única palavra: credibilidade. Ter um domínio profissional mostra que sua empresa não está no nível amador, mas funciona com uma operação complexa e “séria”. 

Inclusive, até mesmo alguns profissionais autônomos já preferem ter endereços personalizados, no processo de aumentar sua autoridade no mercado.

Além disso, um domínio corporativo gera mais confiança para os destinatários que não conhecem sua marca. Basicamente, é um dos primeiros pontos a serem considerados, então é bom já começar com uma impressão positiva.

Defina qual o objetivo do e-mail

Antes de começar a formular um modelo de e-mail, é interessante já definir qual será o objetivo da mensagem. Inclusive, também é algo a ser incluído em seu checklist de e-mail marketing. Você quer avisar seus clientes sobre o envio de uma compra? Deseja mostrar um novo conjunto de roupas? Quer anunciar um novo curso que será lançado no futuro?

Mesmo que sua empresa tenha uma identidade visual que sirva como base para qualquer modelo de e-mail, ainda há muitas diferenças entre cada abordagem.

Crie um modelo compatível com sua identidade visual

Vários e-mails das Casas Bahia
E-mail mostrando a identidade visual das Casas Bahia

Colocando-se no lugar do destinatário, imagine que você recebe um e-mail promocional de um e-commerce com cores fortes, super “animado” e chamativo. Atraído pelas ofertas, você adquire um dos produtos ofertados.

Ao receber o e-mail de confirmação, já reconhece a mensagem, pois conta com cores semelhantes, mesmas fontes e ícones. Mesmo que sejam e-mails com objetivos totalmente diferentes, notou que o template provavelmente ajudou a reconhecer a empresa, sendo uma solução eficiente de modelo nesse aspecto?

Por isso é tão importante utilizar uma identidade visual na sua comunicação. Aliás, não é preciso aumentar absurdamente o investimento nesse sentido. Muitas ferramentas já oferecem templates editáveis de e-mail, em que você pode mudar alguns elementos e usar uma solução bem prática. 

Inclusive, é essencial que seu modelo de e-mail possa ser facilmente personalizado. Não utilize formatos que somente o próprio criador do modelo consiga mudar, pois isso pode atrasar bastante cada etapa das suas estratégias.

Atente-se também a formatação e sempre pense em como será lido em diferentes aparelhos e dispositivos. Por exemplo, um e-mail com parágrafos grandes pode ficar amigável no computador, mas afastar os leitores quando abertos em smartphones.

Escreva um título chamativo

Para explicar esse tópico, vamos trazer dois exemplos de modelos. Primeiro, imagine que você recebe o seguinte e-mail

Título de e-mail do AliExpress
Texto com título não muito claro

Notou que não dá para entender o que o e-mail quer falar? Além disso, o título podia ser ainda maior, utilizar símbolos ou outras formas de chamar mais atenção. Outro ponto importante é que a escrita podia melhorar, já que também é algo observado pelos destinatários do e-mail.

Agora, vamos mostrar um exemplo que você pode seguir para chamar mais atenção via e-mail:

Título de e-mail da PicPay
E-mail com bom título

O título do e-mail acima aproveita o curto espaço para mostrar o que quer oferecer, com uma boa escrita e ainda com um emoji que se destaca na caixa de entrada. Além disso, é direto ao ponto e traz apenas informações corretas, sem provocar ou trazer os chamados “clickbaits”.

Teste antes de enviar para seu público

Se os templates serão usados em campanhas de envio de e-mails em massa, é indispensável realizar diversos testes antes de realmente utilizá-lo, já que não é possível cancelar a resposta. Mas qual a solução para realizar esses testes com poucos e-mails?

A forma mais “básica” é enviar para um dos e-mails da própria empresa e analisar como ele “chegou”. O texto está bem formatado ao ser lido em celulares? O título aparece corretamente ou é cortado? Há algum ícone ou imagem que não carrega? 

Algumas ferramentas, como a Selzy, ainda permitem fazer os chamados “testas A/B”, que uma parte dos destinatários recebe um certo modelo de e-mail, enquanto outra parte recebe um modelo distinto. Aquele que performar melhor é escolhido.

10 modelos de e-mail: da confirmação de cadastro até a newsletter semanal

Agora que você tem uma certa ideia de como criar um bom modelo, vamos passar para o principal objetivo do texto: mostrar 10 modelos de e-mail ideais para diferentes usos. Confira mais a seguir.

Apresentando sua marca

Texto de e-mail da Minimal Club
Exemplo de e-mail de apresentação de marca

Precisa de um e-mail para criar o primeiro contato da sua marca com possíveis clientes? Ter um modelo pronto para isso é uma solução prática. Esse modelo deve focar em três pontos: passar confiança, mostrar o que sua companhia oferece e ser breve. 

Como estamos falando de modelos de e-mail, e não de um modelo de e-mail pronto, é interessante manter vários elementos que possam ser atualizados com o tempo. Por exemplo, produtos que possam ser substituídos conforme o catálogo muda ou valores que devem ser modificados constantemente.

Outro ponto importante é o tamanho do e-mail. Uma boa introdução não pode ser muito longa, já que você está num ponto inicial do contato com lead. Não existe confiança ou autoridade suficiente para exigir muito tempo dos seus potenciais clientes, sendo preciso aproveitar cada segundo na busca de como construir confiança.

Recebendo novos usuários/clientes

E-mail dos produtos Globo
Exemplo de e-mail de boas-vindas a novos clientes

Esse modelo de e-mail serve para quem já conhece sua marca ou empresa. Por exemplo, usuários que acabaram de se registrar, todos clientes que fizeram a primeira compra ou assinantes que aderiram ao serviço pela primeira vez.

Assim, ele deve ser um misto entre um e-mail de notificação e um e-mail promocional. Nesse sentido, é interessante trazer alguma dica de como utilizar o produto obtido ou mostrar recursos que seu serviço oferece aos clientes recém-chegados à sua empresa. 

Ofertas e promoções

E-mail com promoções da Billabong
Exemplo de e-mail promocional

Esse provavelmente é um dos modelos mais buscados, já que o e-mail é uma ótima ferramenta de marketing direto. Desse modo, se você costuma utilizar estratégias promocionais com frequência, é bom já ter um exemplo de mensagem pré-concebida e fácil de editar.

Nesse ponto, o principal fator é criar modelos de e-mail compatíveis com o estilo de trabalho da sua empresa. Por exemplo, uma instituição que produz cursos e costuma oferecer códigos promocionais de descontos aos seus clientes terá modelos de e-mails totalmente diferentes de uma loja de roupas online.

Contato B2B

E-mail enviado por consultora financeira
Exemplo de e-mail entre clientes B2B

A comunicação entre empresas e clientes é bem diferente da comunicação entre duas empresas. Mesmo que seja um e-mail visando uma venda ou apresentar sua marca, essa relação comercial precisa ter uma abordagem mais profissional e sistemática.

Claro, se a sua companhia estiver focada nesse segmento, será preciso voltar toda sua estratégia para esse tipo de solução. No entanto, se o contato com outras empresas é apenas ocasional, ter alguns modelos prontos será de grande ajuda ao enviar e-mails desse tipo.

Retomando um contato/venda

E-mail enviado pela Minimal Club
Exemplo de e-mail de contato com clientes

Em 2023, uma pesquisa da Business Insider mostrou dados bem interessantes. Aproximadamente 4 trilhões de dólares são deixados em “carrinhos abandonados” por clientes de e-commerce. Sabe aquele produto que você clicou em comprar, adicionou no seu carrinho mas que desistiu antes de finalizar a compra? É exatamente isso.

Desses 4 trilhões, 63% disso pode ser recuperado com diferentes ferramentas, com destaque para os e-mails. Além disso, a mesma pesquisa mostrou que esse tipo de mensagem tem 40% de taxa de abertura, em média.

Por isso, é muito importante não ignorar esse tipo de mensagem e ter um ou alguns modelos de e-mail prontos. Principalmente se o seu negócio exige um processo de vendas online, é preciso recuperar os possíveis clientes

Mesmo que sua organização não tenha um comércio direto ou tanto contato com os clientes, provavelmente ter modelos que visem retomar a atenção e aumentar a conversão será algo útil. 

E-mail com marketing de conteúdo

E-mail enviado pelo Nubank
Exemplo de e-mail de conteúdo

Um modelo de e-mail com marketing de conteúdo é bem diferente do restante. Aliás, vamos diferenciar: modelos para newsletter devem ser distintos do e-mail padrão com algum tipo de mensagem, mas que não são enviados periodicamente.

Assim, é interessante criar um exemplo de e-mail que aceite textos médios, mas que também aceite alguns formatos diferentes. Por exemplo, listas, sub-tópicos e assim por diante.

Newsletter e envios periódicos

E-mail da Newsletter The Conquer Times
Exemplo de newsletter

Newsletters são um tipo de conteúdo via e-mail? Sim, mas com envios periódicos, ou seja, constantes. Por isso, é importante ter um modelo melhor trabalhado. 

Desse modo, é extremamente importante que ele seja realmente fácil de editar. Com isso, o tempo e recursos gastos podem ser focados na mensagem, bastando encaixá-lo no seu modelo

O segundo ponto é que possua um padrão muito reconhecível pelos clientes. Por exemplo, se a sua newsletter é criação de um escritor reconhecido ou com experiência na área, é melhor que ela sempre mostre o nome dele. 

Para finalizar, é interessante sempre colocar um título que torne fácil identificar que aqueles e-mails são da newsletter da sua empresa, direcionando a atenção dos leitores para os textos que forem escritos.

Avaliação, agradecimento ou despedida

E-mail enviado pela Minimal Club
Exemplo de e-mail de agradecimento

O processo de criação desse modelo de e-mail deve focar em ser curto e intuitivo. Se o objetivo é coletar uma opinião ou nota dos clientes, que isso esteja claro e possa ser feito sem nem precisar conferir o resto do texto. 

Caso seja apenas para agradecer, também é interessante manter uma breve descrição, no máximo com algumas ofertas como “itens semelhantes ao que você comprou”. 

Também é útil para mostrar aos clientes como sair da sua lista de contatos(assinatura de email), caso solicitado.

E-mails internos

Em organizações de médio e grande porte, pode ser necessário contatar dezenas ou até centenas de outros colaboradores ao mesmo tempo. Nesse sentido, é interessante ter um modelo básico, em vez de apenas utilizar uma mensagem genérica. Isso até mesmo contribui para a segurança interna, já que tornará comunicados oficiais e institucionais facilmente reconhecíveis.

Modelo de e-mails para situações imprevisíveis

Por fim, é interessante criar um modelo de e-mail bem genérico e que se encaixe em situações imprevisíveis. Situações como um contato com outra empresa para resolver alguma ordem ou pedido incorreto, uma solução mais complexa para certos clientes, e assim por diante. 

Esse modelo de e-mail deve ter a identidade visual da empresa e contar com alguns elementos básicos para guiar a produção, mas nada que prenda a criação em um único estilo.

Dicas finais e resumo

Como mostramos durante o texto, os modelos de e-mail realmente podem fazer diferença na sua estratégia de email marketing. Eles podem ajudar tanto na economia de recursos, como na concepção de um novo conteúdo. Assim, se ficou interessado neste tema, veja abaixo o resumo do nosso texto:

  • O modelo de e-mail deve seguir um padrão visual e o tom da sua empresa;
  • Crie modelos facilmente editáveis;
  • É preciso definir um objetivo e uma categoria antes de criar seus modelos.

Aplique todas as técnicas e recomendações listadas e você verá como seu processo de criação será aprimorado. Além disso, continue acompanhando nossos artigos e nos diga o que deu certo em seus modelos!

20/12/2023
Artigo escrito por
Eduardo Queiroz
Eduardo Queiroz é um redator de conteúdo e tradutor brasileiro apaixonado pela linguística, história e geografia. Quando não está escrevendo sobre marketing digital, finanças ou iGaming, ele gosta de fazer trilhas, observar a natureza e passar tempo com seu gato. Para acompanhar a sua jornada profissional, visite o LinkedIn de Eduardo.
Saiba mais Eduardo

Artigos mais recentes