10 melhores programas para fazer mapa mental em 2024

10 melhores programas para fazer mapa mental em 2024
10/01/2024 • ... • 2075 visualizações
Vanessa Guedes
Escrito por Vanessa Guedes

Representar ideias visualmente é a principal função de um mapa mental. Existe uma infinita variedade de softwares de mapa mental pela internet. Profissionais de diversas áreas desfrutam dos benefícios da criação de mapas mentais há décadas, é uma ferramenta extremamente útil para qualquer projeto. Mas antes de começar a usá-los, é importante entender o método por trás da sua elaboração e qual tipo de situação melhor se beneficiará com seu uso.

Neste artigo, vamos esclarecer o que é mapa mental, para que ele serve, como começar a fazer um e quais as melhores alternativas online para desenhar seu primeiro mapa em 2024.

O que é mapa mental?

Mapas mentais são diagramas de ideias. Um mapa mental consiste em um desenho mostrando conexões entre conhecimentos, conceitos e conteúdos. Como se fosse um mapa do pensamento, o mapa mental transforma um conceito em um sistema. Como o próprio nome evoca, seria um mapeamento do que se passa na mente. Ele estrutura uma ideia do mesmo modo que representamos lugares com mapas, é uma representação gráfica de um raciocínio, algo que existe apenas no pensamento.

O mapa mental é uma ferramenta poderosa, pois transforma o abstrato em algo concreto.

Captura de tela mostrando um diagrama colorido, fundo branco, com linhas conectando palavras e conceitos, ilustrando ideias sobre mapa mental.
Exemplo de mapa mental feito para este artigo, no programa Mindmeister

Por que usar o mapa mental?

Um mapa mental tem essencialmente dois propósitos principais: organizar ideias e visualizá-las fora da nossa mente.  

Como fazer um mapa mental?

Aqui elaboramos uma lista de passo a passo para criar um mapa mental do zero:

  1. Escolha uma palavra-chave ou uma pergunta para começar. Esse ponto de partida pode vir de um problema que precisa ser resolvido, uma ideia, um conceito abstrato que precisa ser entendido. Vale qualquer coisa como ponto de partida.
  2. Pense em respostas ou em palavras próximas do ponto de partida e comece a adicioná-las como conexões ao conceito central. Cada um desses elementos novos será o primeiro nível de sub-elementos do seu mapa mental.
  3. Repita o processo para cada sub-elemento do diagrama que vai se formando. O objetivo é explorar tudo que possa estar relacionado ao tema.
  4. Quando você sentir que esgotou o número de elementos e conexões possíveis, faça uma análise da estrutura formada pelo diagrama final.
  5. Faça ajustes se necessário.
  6. Salve o mapa mental em um arquivo de imagem — a maioria das ferramentas de criação de mapa mental tem a opção de exportar o mapa para alguns formatos de arquivo como JPG, PNG e PDF.

Como transformar uma ideia complexa em um conceito simples

O mapa mental ajuda a visualizar como um assunto pode se estender em vários níveis de entendimento. Ele também mostra como uma ideia pode ser fragmentada e conectada a outras. Visualizar essa fragmentação em um diagrama pode ajudar a entender assuntos complexos e nos fazer perceber como simplifica-los.

Para conseguir simplificar uma ideia através de um mapa mental, você pode seguir esse roteiro simples:

  1. Pergunte-se o que você quer entender com o mapa mental. O que ele faz você compreender melhor? 
  2. Salve o mapa mental atual e, então, permita-se modifica-lo. Mexa na estrutura, troque conexões.
  3. Para cada linha conectando os “galhos” do diagrama de mapa mental, tente pensar em um verbo que estabeleça essa conexão. Como no exemplo:

Mapas mentais colaborativos

Mapas mentais podem ser feitos em conjunto. Processos de brainstorm em empresas podem ser beneficiados com o uso de diagramas, desde que haja um acordo do modo como eles serão criados.

Você pode pedir que cada membro da equipe crie seu próprio mapa mental, para que depois eles sejam usados em conjunto para pensar na solução de um mesmo problema, por exemplo. Uma outra maneira de usar o mapa mental em equipe é desenha-lo em grupo, fazendo uma seção em que cada pessoa contribui com uma conexão nova, até que se tenha um painel complexo conectando elementos. 

Na lista dos melhores programas para criar mapa mental, vamos apontar alguns que permitem que mais de uma pessoa participe do processo.

Os 10 melhores softwares de mapa mental

1. Coggle

Captura de tela de fundo branco, mostrando um diagrama de conexões com linhas rosa, azul e roxo. No centro, em um bação cinza, há a apalavra “ideia” e conectada a ela as palavras “estrutura”, “objetivo” e “exemplos’, cada uma dessas conectadas a seus próprios conceitos e ideias.
Imagem do software de mapa mental Coggle

O Coggle funciona pelo navegador, sendo melhor visualizado em um computador ou tablet. É um dos mais fáceis de começar a usar sem precisar fazer cadastro e tem vantagens ótimas para quem está começando a explorar o mapa mental.

Prós

  • Totalmente online
  • Você pode criar quantos mapas mentais quiser no plano gratuito
  • Dá para inserir imagens no mapa
  • É fácil compartilhar o mapa em vários formatos

Contras

  • É uma plataforma ‘freemium’, com alguns recursos disponíveis apenas no plano pago
  • No plano grátis, não tem como criar um mapa mental de acesso privado.

2. Freeplane

Para usuários mais avançados, que necessitam de mais liberdade para adicionar funções complexas ao mapa mental, o Freeplane é ótimo. Ele possibilita customizações no código fonte — então, se você souber programar, vai poder ajustar o Freeplane do jeito que quiser.

Prós

  • Software livre
  • Pode ser instalado em todos os sistemas operacionais, inclusive Linux e Chrome OS
  • Gratuito

Contras

  • O Freeplane tem uma lista extensa de ferramentas para construir o mapa mental e aumentar sua complexidade; isso pode atrapalhar um pouco se a pessoa for iniciante.MindMaster

3. MindMaster

Captura de tela de fundo branco, mostrando um diagrama com uma bolha central contendo a palavra Faxina. Essa bolha tem linhas de conexões pretas ligando a 3 categorias de faxina (sozinho, em dupla e em grupo) contendo ideias do que envolve fazer faxina nessas três modalidades.
Imagem do software de mapa mental MindMaster

O MindMaster tem uma pegada de mostrar como se faz mapas mentais enquanto você usa a plataforma.

Prós

  • Totalmente online
  • Possibilidade de criar seus próprios templates ou usar os que a plataforma oferece
  • Dá para fazer links de conexão entre os mapas mentais

Contras

  • No plano gratuito, você pode criar só até 3 mapas mentais

4. XMind

Captura de tela de fundo branco, mostrando um diagrama com o tema originário Gatinho, em uma caixa preta de bordas arredondadas. A partir dessa caixinha, linhas coloridas conectam a palavra com ideias do que é necessário para ser guardião de um gatinho (responsabilidades extras, diversão, adoção e estrutura).
Imagem do software de mapa mental Xmind

O Xmind tem o foco mais direcionado aos recursos visuais. Ele também traz outros recursos, como gestão de tarefas, junto com o mapa mental.

Prós

  • Programa disponível para todos os sistemas operacionais
  • Dá suporte para tipos diferentes de diagrama, como mapas lógicos e modelo de linha do tempo

Contras

  • Talvez a quantidade de recursos diferentes cause um sentimento de confusão em um usuário iniciante
  • Não tem versão online
  • Não tem suporte em português

6. MindManager

Captura de tela de fundo cinza claro, mostrando um diagrama de conexões com caixas de palavras variando numa escala de azul, conectadas com linhas também azuis. O conceito central é “Viagem 2024” e as conexões levam a ideias como férias, planejamento financeiro e compras, cada uma com suas ideias-filha. Em um arranjo separado, há uma bolha de conteúdo independente flutuando com o conceito “Para onde ir?”, com suas ideias-filhas Brasil e Fora do Brasil.
Imagem do software de mapa mental MindManager

O MindManager dispõe inúmeros recursos para modelos de gráficos, não se limitando ao mapa mental. Você pode fazer organogramas e outros tipos de diagramas nessa plataforma.

Prós

  • Muitas opções de design
  • Possibilidade de adicionar “tópicos flutuantes”

Contras

  • Não tem versão gratuita, apenas um período de amostra que dura 30 dias
  • A versão web é limitada.
  • Só tem versão para Windows e MacOS.

6. MindMup

O MindUp é ótimo para quem quer começar a montar um mapa mental rapidamente. Disponível para uso direto pelo navegador de internet, não é necessário fazer cadastro para usá-lo uma vez só e dá para salvar um mapa lá por pelo menos 6 meses.

Captura de tela de fundo branco, mostrando um diagrama com a ideia central “Redes sociais” em fundo azul, com conexões em linhas pretas ligando a palavras com fundo cinza contendo algumas redes sociais. Acima de tudo, um menu de contexto.
Imagem do software de mapa mental MindUp

Prós

  • Online
  • Deixa você publicar mapas mentais em páginas próprias, sem custo, que ficam disponíveis por até 6 meses
  • Dá para usar sem fazer registro de novo usuário

Contras

  • O design é pouco versátil

7. FreeMind

O FreeMind é um software de mapa mental com muitos anos de vida e uma boa reputação. Ele pode ser bem simples no seu visual, mas tem todas as funcionalidade básicas.

Captura de tela de fundo branco, mostrando um diagrama simples, em que apenas a palavra central tem fundo cinza “Softwares de mapa mental”, as outras estão em fundo transparente. Ao redor da área de edição do mapa mental há uma moldura cinza, em estilo retrô, com alguns menus de opções do software.
Imagem do software de mapa mental FreeMind

Prós

  • Dispónível para todos os sistemas operacionais.
  • Gratuito.
  • Software livre

Contras

  • Não tem versão online.
  • A aparência do software remete a uma estética mais antiga.

8. MindNode

Captura de tela de fundo cinza claro, mostrando um diagrama relativamente complexo, com muitas conexões, cores e ícones. A ideia central aqui é “Dinner Party” e o resto do conteúdo é em inglês. Há um menu de contexto aberto à esquerda, em fundo branco, e um menu principal no topo.
Imagem do software de mapa mental MindNode

O MindNote é feito para quem se importa com a apresentação do mapa mental. O design aqui é o maior destaque, mas o MindNote não deixa de trazer as ferramentas básicas que qualquer mapa mental precisa.
Prós

  • Design elegante
  • Biblioteca de ícones próprios

Contras

  • Não tem versão online
  • Disponível apenas para MacOS

9. Canva

Canva é uma plataforma com inúmeros recursos para produção de material visual. O mapa mental é apenas um deles. Funcionando na base dos modelos e templates, você pode escolher um visual que tenha a ver com seu objetivo e editar o conteúdo do mapa modelo.

Captura de tela de fundo branco, mostrando um diagrama colorido, cuja ideia central está em um quadrado rosa escuro “Planejamento 2024”, abrindo para várias conexões e sub-conexões. À esquerda e no topo há menus.
Imagem da área de mapa mental na plataforma Canva

Prós

  • Tem suporte em português
  • Disponível online e em forma de aplicativo para smartphone
  • Tem uma boa coleção de templates gratuitos
  • Muitos estilos e designs

Contras

  • Só pode ser usado depois de um registro de novo usuário.

10. TheBrain

A aplicação The Brain permite que você conecte mapas mentais a páginas e bibliotecas de arquivos gerenciadas dentro da própria aplicação. O mapa mental é apenas um dos recursos dessa plataforma mais robusta.

Captura de tela de fundo escuro, mostrando um diagrama simples em inglês, com a ideia central em vermelho “Project Plan”. No topo e na base há menus e à direita um menu de contexto com fundo branco contendo textos relacionados a conteúdos do mapa mental criado no centro.
Imagem da ferramenta de mapa mental na plataforma TheBrain. Fonte: site oficial do software

Prós

  • Ele conecta documentos através do mapa mental

Contras

  • Disponível apenas para MacOS e Windows
  • É preciso se registrar para usá-lo
  • Pode ser complexo demais para uma pessoa iniciante.
  • A versão de teste dura apenas 14 dias.

Dicas para escolher um ferramentas de mapa mental

Para escolher a melhor ferramenta ou plataforma de mapa mental, você pode se fazer as perguntas:

  • Onde vou salvar meu mapa mental?
  • Em que formato eu espero salvar meu mapa? Uma página web? Uma imagem? Um arquivo de texto? Um PDF?
  • Como vou acessá-lo?
  • É necessário editar esse mapa periodicamente?
  • Outras pessoas vão trabalhar comigo nesse mapa?
  • Preciso adicionar arquivos de mídia, como imagens, links, vídeos etc no meu mapa mental?
  • Como pretendo acessá-lo? Apenas pelo computador ou por outros dispositivos também? Como farei isso?
  • Quais recursos a mais eu quero para esse mapa? São recursos pagos?
  • Qual ferramenta ou plataforma de mapa mental existe nos softwares que eu já uso?
  • Que software de mapa mental atende às minhas necessidades?

Respondendo a essa lista, a procura por um programa de mapa mental fica mais clara e objetiva.

Para encerrar

Existem mil maneiras de criar um mapa mental e inúmeros programas que fazem isso. Mas o mais importante é entender que o mapa é só uma ferramenta de auxílio para entender uma coisa melhor. Um mapa mental não deve adicionar complexidade, mas mostrar a  diversidade e o alcance de um tema.

Artigo escrito por
Vanessa Guedes
Vanessa Guedes escreve a newsletter Segredos em Órbita. É programadora, podcaster no Incêndio na Escrivaninha e editora na Eita! Magazine. Também escreve ficção especulativa.
Saiba mais Vanessa

Artigos mais recentes