Como aquecer as vendas no início do ano

Como aquecer as vendas no início do ano
13/03/2024 • ... • 164 visualizações
Jaqueline Oliveira
Escrito por Jaqueline Oliveira

Depois do amigo secreto do Natal e das festas de Ano Novo, o começo do próximo ano não é marcado apenas por mais um novo ciclo, onde tudo se repete: é mais um calendário inteiro de oportunidades, com os primeiros meses de datas sazonais que devem ser muito bem aproveitadas.

Por mais que os 3 primeiros meses do ano sejam marcados por quedas nas vendas – o que é muito justificado pelos compromissos financeiros pessoais dos consumidores, como os impostos anuais –, ainda é possível atrair clientes e vender bem. 

De acordo com o Índice Antecedente de Vendas do Instituto para o Desenvolvimento do Varejo (IAV-IDV), as vendas no varejo devem crescer 6% só neste primeiro trimestre de 2024

Então, Carnaval, volta às aulas, Páscoa e muitas outras datas de começo do ano entram pro hall de destaque quando o assunto é “aumento de vendas” nesse período.

Neste artigo, separamos 10 dicas de como acelerar as vendas no início do ano, sem deixar de aproveitar as principais datas desse ciclo, impulsionando o desempenho comercial da sua empresa. Aproveite e já comece a colocá-las em prática!

10 estratégias para aquecer as vendas no início do ano

Segundo pesquisa da Nuvei, em colaboração com a Americas Market Intelligence (AMI), é previsto que o mercado de comércio eletrônico do Brasil cresça aproximadamente 80% até 2026.

Ou seja, ainda há muito para ser aproveitado nesse mercado, e a sua empresa pode começar a trilhar o caminho desse crescimento, considerando as dicas abaixo!

1º Concentre-se nos benefícios do seu produto

No processo de vendas, é fundamental destacar os benefícios e vantagens do seu produto ou serviço. Em vez de apenas listar suas características, concentre-se em como ele pode resolver os problemas e atender às necessidades do seu público-alvo.

Transmita valor aos clientes, destacando como seu produto pode melhorar suas vidas. Ao comunicar os benefícios do seu produto, você conecta diretamente as necessidades e desejos dos clientes com o que você oferece.

Por exemplo: se você vende um purificador de ar, destaque como ele pode melhorar a qualidade do sono e reduzir problemas respiratórios, em vez de focar apenas nas especificações técnicas. 

Histórias de clientes satisfeitos e estudos de caso podem ser muito persuasivos, mostrando os benefícios em ação. Ah, e lembre-se que 70% dos consumidores preferem interagir com conteúdo personalizado, segundo as tendências da HubSpot.

2º Realize campanhas publicitárias e promoções

As campanhas publicitárias e promoções são excelentes maneiras de atrair a atenção dos clientes e incentivá-los a fazer uma compra. No início do ano, as pessoas estão frequentemente em busca de ofertas e descontos após as despesas das festas de fim de ano. 

Aproveite essa mentalidade de compra e crie promoções atrativas para impulsionar suas vendas. Campanhas publicitárias e promoções temporárias podem gerar urgência e incentivar compras. 

Utilize datas comemorativas ou eventos relevantes para sua base de clientes como gatilhos para essas campanhas.

Por exemplo: uma promoção “Compre um, leve outro pela metade do preço” para produtos de alta demanda no início do ano, como materiais de escritório ou suplementos de saúde, pode aumentar significativamente as vendas.

Peça de promoção da Óticas Carol em placa azul vibrante com texto amarelo e um par de óculos de sol estilosos
Exemplo da Óticas Carol, com promoção “compre 1, leve 2”

3º Segmente seus clientes

Entender o seu público-alvo é fundamental para direcionar suas estratégias de vendas de forma eficaz. A segmentação permite que você personalize suas mensagens e ofertas para diferentes grupos de clientes, aumentando a eficácia de suas estratégias de marketing e vendas.

A McKinsey & Company afirma que empresas que segmentam seu público podem aumentar as vendas em até 20%.

Segmente seus clientes com base em características demográficas, comportamentais ou de preferências de compra. Isso permitirá que você personalize suas mensagens e ofertas, aumentando a relevância e a eficácia das suas campanhas de marketing.

Por exemplo: enviar ofertas de produtos para bebês apenas para famílias que recentemente pesquisaram por itens infantis em seu site. Ferramentas de CRM e análise de dados podem ajudar a identificar esses segmentos com precisão.

Post do iFood Benefícios com um misterioso pano preto pendurado sobre um cartão vermelho, com texto branco com a mensagem segmentada pra RH.
Post sobre a Black Friday do iFood Benefícios, segmentada para o público de RH

4º Utilize o marketing digital

O marketing digital é essencial para aumentar a visibilidade online e engajar clientes, utilizando estratégias como SEO para melhorar o ranking em buscadores online – como o Google – , marketing de conteúdo para estabelecer autoridade no setor, E-mail Marketing – com envio de e-mails em massa – para comunicação direta e personalizada, e anúncios online para alcançar públicos específicos.

Investir nessas abordagens não só eleva a presença digital da empresa, mas também fortalece a lealdade do cliente e impulsiona as vendas, aproveitando as oportunidades que o ambiente online oferece.

Por exemplo: criar conteúdo que responda às perguntas comuns dos clientes sobre seus produtos pode melhorar seu ranking nos motores de busca, atraindo mais visitantes ao seu site. Campanhas de anúncios pagos no Google ou Facebook podem ser segmentadas para alcançar públicos específicos com alta precisão.

5º Utilize as redes sociais

As redes sociais são ferramentas poderosas para se conectar com o seu público e promover seus produtos ou serviços. Esteja presente nas plataformas em que seu público está e envolva-se ativamente com eles por meio de conteúdo relevante, interações e promoções exclusivas para seguidores.

Por exemplo: criar postagens interativas e usar stories no Instagram para mostrar os bastidores da sua empresa ou lançamentos de novos produtos pode criar uma conexão mais forte com seus seguidores. Parcerias com influenciadores digitais também podem ampliar seu alcance.

Uma vista relaxante de deck de praia com espreguiçadeiras, guarda-sóis e pranchas de surf da Vivara.
Post da Vivara sobre o evento da marca no Rio de Janeiro, remetendo a um estilo de vida

6º Adicione métodos de pagamento

Facilite o processo de compra para seus clientes oferecendo uma variedade de métodos de pagamento. Além das opções tradicionais, como cartão de crédito e boleto bancário, considere integrar sistemas de pagamento online e carteiras digitais para proporcionar conveniência e segurança aos seus clientes.

Por exemplo: além dos tradicionais cartões de crédito e débito, considere adicionar opções como PayPal, Pix, boleto bancário, e até mesmo criptomoedas. Isso pode ser particularmente eficaz para atrair clientes que preferem métodos de pagamento específicos ou estão localizados em regiões com preferências distintas.

7º Vendas adicionais e pós-venda

Não se limite apenas à venda inicial. Explore oportunidades de vendas adicionais, oferecendo produtos complementares ou upgrades que possam agregar valor à compra do cliente. Além disso, invista em um serviço pós-venda excepcional para garantir a satisfação do cliente e incentivá-lo a fazer compras futuras e recomendar sua empresa a outros.

Por exemplo: se um cliente compra uma câmera, ofereça também uma bolsa para câmera como um item adicional. Após a venda, continue engajando com o cliente através de e-mails de acompanhamento, solicitando feedback e oferecendo suporte, o que pode levar a mais compras no futuro.

8º Trabalhe na fidelização dos clientes

A fidelização de clientes é uma estratégia fundamental para garantir o sucesso a longo prazo do seu negócio. Invista em programas de fidelidade, ofereça recompensas e benefícios exclusivos para clientes frequentes e mantenha um relacionamento próximo e personalizado com eles para fortalecer os laços e aumentar a taxa de retenção.

Por exemplo: oferecer pontos que podem ser trocados por descontos ou produtos gratuitos após determinado número de compras. Personalizar essas ofertas com base no histórico de compras do cliente pode torná-las ainda mais atraentes.

9º Motive a equipe de vendas

Uma equipe de vendas motivada e engajada é essencial para impulsionar as vendas da sua empresa. Reconheça e recompense o desempenho excepcional, forneça treinamento e desenvolvimento contínuos e crie um ambiente de trabalho positivo e colaborativo para manter a equipe motivada e produtiva.

Por exemplo: estabeleça metas claras e ofereça incentivos, como bônus ou comissões, por atingir ou superar essas metas. Treinamentos regulares e feedback construtivo também podem ajudar a equipe a melhorar continuamente suas habilidades de vendas.

10º Gerencie eficientemente o estoque

Um gerenciamento eficiente do estoque é crucial para evitar perdas de vendas devido à falta de produtos ou excesso de estoque. Analise as tendências de vendas passadas, antecipe a demanda futura e mantenha um equilíbrio adequado de estoque para garantir que você tenha os produtos certos disponíveis no momento certo.

Por exemplo: utilize softwares de gestão de estoque para monitorar níveis de estoque em tempo real, prever demandas futuras com base em tendências de vendas passadas, e automatizar pedidos de reposição. Isso pode ajudar a evitar tanto a escassez quanto o excesso de estoque.

Dicas extras: datas do 1º semestre do ano e recomendações

A seguir, reunimos as principais datas comemorativas para você aproveitar como oportunidade para atrair os clientes e vender mais:

  • Março: no dia 8, celebramos o Dia Internacional da Mulher. É uma boa oportunidade para promover ações e estratégias pensadas especialmente para essa data. 
    Outra data importante deste mês é o Dia do Consumidor (15) – oferecer promoções ou condições de pagamento mais favoráveis para fidelizar clientes é uma ótima ideia. 
    Este ano, a Páscoa cai no último dia de março (31). Sempre é um momento movimentado para o comércio de chocolate, bacalhau e outros alimentos típicos da época. 

💡Leia também: Guia de E-mail Marketing para a Páscoa

Mas outros setores também podem se beneficiar, oferecendo promoções e decorando as lojas físicas ou virtuais. Também é possível fazer parcerias com empresas de alimentos para oferecer produtos combinados com ovos de Páscoa.

  • Abril: como a Páscoa será em março, abril não tem muitos feriados, apenas Tiradentes (21) e Descobrimento do Brasil (22). Mas é uma ótima oportunidade para engajar nas redes sociais sobre causas importantes, mesmo que não tenham um impacto direto nas vendas. 
    Em abril, celebramos o Dia Mundial de Conscientização do Autismo (2), da Saúde (7) e de luta contra o Câncer (8). Compartilhe informações relevantes sobre esses temas e apoie iniciativas que melhorem a vida das pessoas.
  • Maio: o Dia das Mães, comemorado no dia 12, é a data mais importante para o comércio após o Natal. Oferecer um atendimento diferenciado e de qualidade é essencial para atrair clientes e garantir vendas. 
    De acordo com pesquisa da FecomercioSP, os presentes mais populares para as mães são roupas, sapatos, acessórios, perfumes, cosméticos e eletrodomésticos.
  • Junho: fechando o primeiro semestre, temos o Dia dos Namorados (12), outra data importante para as vendas. Aposte em promoções e estratégias de marketing voltadas para casais. 
    As festas juninas também movimentam o mês, com o Dia de São João celebrado em 24 de junho. Itens como roupas típicas e comidas juninas fazem parte das compras dos consumidores.

Invista também na estratégia de recomendação em campanhas publicitárias e em marketing digital. Confira só o impacto das recomendações em números: 

  • Recomendações de produtos resultam em 24% das encomendas e 26% da receita, embora representem apenas 7% das visitas
  • Compras originadas de recomendações têm um valor médio 10% superior, e os clientes gastam cinco vezes mais por visita
  • Os consumidores em dispositivos móveis que clicam em recomendações apresentam uma taxa de conversão mais alta do que aqueles em computadores
  • A combinação de busca no site e cliques em recomendações resulta em uma conversão 3,7 vezes maior, alcançando 4,2 vezes em dispositivos móveis
  • Os clientes que clicam em recomendações passam em média 12,9 minutos no site, em comparação com apenas 2,9 minutos para os que não clicam
  • Apenas 6% dos clientes clicam em recomendações, mas 37% daqueles que finalizam uma compra o fazem após clicar em uma recomendação
  • Cerca de um quarto dos produtos adquiridos por clientes que clicam em recomendações são itens recomendados

Esses dados foram obtidos do estudo “Personalização em Compras”, realizado pela Salesforce, com mais de 150 sites de e-commerce nos EUA, englobando mais de 250 milhões de visitas e meio bilhão de dólares em valor bruto de mercadorias. 

Recapitulando…

O início do ano traz consigo uma oportunidade única para impulsionar as vendas e estabelecer uma base sólida para o restante do ano. Embora os primeiros meses possam ser desafiadores devido às quedas sazonais nas vendas, é crucial reconhecer o potencial que cada data e evento oferece.

À medida que nos preparamos para enfrentar os desafios do primeiro trimestre, é essencial adotar estratégias inteligentes e criativas para atrair e envolver os clientes. Desde destacar os benefícios do produto até segmentar efetivamente o público-alvo, cada passo deve ser cuidadosamente planejado para maximizar o impacto.

Além disso, a integração de táticas de marketing digital e presença nas redes sociais pode abrir novas portas para alcançar e envolver os clientes de maneiras inovadoras. Ao mesmo tempo, aprimorar a experiência do cliente desde a compra inicial até o pós-venda pode ajudar a construir relacionamentos duradouros e promover a fidelidade do cliente.

À medida que nos aproximamos das datas comemorativas do primeiro semestre, como o Dia Internacional da Mulher, o Dia do Consumidor e a Páscoa, é crucial adaptar nossas estratégias para atender às expectativas e necessidades dos clientes. Além disso, ao investir em recomendações de produtos e campanhas publicitárias direcionadas, podemos aproveitar ao máximo cada oportunidade para impulsionar as vendas e fortalecer nossa posição no mercado.

Portanto, ao implementar as dicas fornecidas neste artigo e permanecer ágil e adaptável às mudanças do mercado, podemos não apenas sobreviver, mas prosperar no início deste novo ciclo de oportunidades. Que cada estratégia implementada nos aproxime ainda mais de nossos objetivos de vendas e nos ajude a construir um futuro próspero para nossos negócios.

E não tem como falar sobre “aumento de vendas” sem citar os serviços de personalização e de estratégia com E-mail Marketing da Selzy.  São mais de 100 modelos de e-mail para qualquer ocasião, que você pode adaptar às suas necessidades em um intuitivo construtor de e-mails de arrastar e soltar. 

Experimente o construtor de e-mails da Selzy, e comece a profissionalizar ainda mais sua presença no Instagram: começar agora!

Artigo escrito por
Jaqueline Oliveira
Sou formada em Jornalismo, e apaixonada pela escrita criativa. Especialista em redação, com experiência em copywriting e UX writing, comecei minha jornada em assessorias de imprensa e agências de comunicação, e hoje atuo com redação criativa. Amo cinema e cultura pop, e nas horas vagas dou uma de entendida, escrevendo críticas e resenhando filmes. LinkedIn
Saiba mais Jaqueline

Artigos mais recentes