Lista de e-mails: o que é e como criá-la de forma rápida e efetiva

Lista de e-mails: o que é e como criá-la de forma rápida e efetiva
05/09/2023 • ... • 641 visualizações
Jaqueline Oliveira
Escrito por Jaqueline Oliveira

Há quem acredite não precisar delas, mas as listas de e-mails são essenciais quando o objetivo é aumentar as vendas de forma estratégica. E se você está em busca de uma alternativa rápida e que te ajude a criar uma lista de emails: prazer, este guia é o seu novo melhor amigo!

Seja para maximizar o potencial da sua estratégia de marketing por email, seja para estabelecer relacionamentos com seu público-alvo, a verdade é: você precisa fazer com que essas listas trabalhem para você e não o contrário. Por isso, você está no lugar certo!

Para criar a sua lista, este guia apresenta as etapas que devem estar em sua checklist.

Então, sem mais delongas, bora lá?!

O que é uma lista de e-mails?

Uma lista de e-mails é um conjunto de endereços de e-mail de pessoas, potenciais clientes, que optaram por receber informações, atualizações ou ofertas da sua empresa. Lembre-se: “optaram (falaremos sobre isso mais adiante). 

Essa lista reúne contatos qualificados, ou seja, pessoas interessadas no que você tem a oferecer. Então, ao gerar essa lista, você pode enviar mensagens diretas para o seu público-alvo, aumentando a sua visibilidade, o engajamento e, consequentemente, as oportunidades de negócio.

Com uma lista de emails, você pode enviar suas newsletters e e-mail marketing, trabalhar sua produção de conteúdo e expandir o conhecimento do seu blog, anunciar um novo produto e desenvolver orelacionamento com seus clientes e possíveis clientes. 

Por que montar uma lista de e-mails é vantajoso?

  • Mais de 8 bilhões de e-mails são enviados no Brasil

A resposta está na eficácia e no potencial do e-mail marketing. Em 2021, foram enviados cerca de 8,32 bilhões de e-mails só aqui em terras brasileiras, de acordo com dados da Statista. 

  • Comunicação direta e pessoal

Ao contrário das redes sociais, onde as mensagens podem ser facilmente perdidas em meio a um feed em constante atualização, o e-mail oferece uma comunicação mais direta e pessoal.

  • Controle e experiência personalizada

Além disso, uma lista de e-mails é uma propriedade que você possui e controla, ao contrário das redes sociais, que estão sujeitas a algoritmos e mudanças de políticas. Ou seja, é uma jogada inteligente para o seu negócio.

Isso significa que você tem total controle sobre a forma como se comunica com seus assinantes, podendo segmentá-los ao construir uma base de contatos, levando em consideração seus interesses, comportamentos e outras variáveis, proporcionando uma experiência mais personalizada.

  • 8 em cada 10 consumidores abrem e-mails de boas-vindas

Uma taxa de abertura de e-mails que, segundo a pesquisa da GetResponse de 2020, é quatro vezes maior do que a taxa de abertura de outros emails transacionais. Ou seja, os e-mails de boas-vindas são uma grande aposta para as suas listas de e-mails.

Como criar uma lista de e-mails para o seu negócio?

Lembra da checklist com as etapas da criação de uma lista de e-mails

É neste tópico que iremos utilizá-la! E a primeira etapa é a seguinte: 

Ofereça algo em troca 

Para conseguir o e-mail de um lead, é preciso oferecer algo de valor em troca, afinal, seus potenciais clientes precisam ter um incentivo para compartilhar suas informações de contato. Esse incentivo pode ser um conteúdo exclusivo, como um e-book, um webinar informativo, uma consulta personalizada ou até mesmo descontos especiais.

Print do site da Alice com a oferta de um ebook
A Alice, provedora de saúde, oferece um e-book para quem se cadastrar

Conforme o exemplo acima, da Alice, gestora brasileira de saúde, para obter um e-mail, ela oferece um e-book. Ao fornecer algo relevante e atrativo, você cria um senso de valor e confiança, impulsionando que os leads se inscrevam em seus materiais, informando seu endereço de e-mail. 

Mas lembre-se de que: destacar a oferta de valor e criar chamadas à ação de forma persuasiva incentiva os visitantes a se inscreverem. Ao oferecer algo significativo em troca do e-mail do lead, você dá o primeiro passo para estabelecer um relacionamento duradouro e valioso com seu público.

O Airbnb tem uma calculadora para sua potencial renda como anfitrião
A oferta do Airbnb. Objetivo: atrair novos anfitriões para a sua base

Defina sua estratégia de captação de leads

Identifique seu público-alvo: entenda quem são seus potenciais clientes, suas necessidades e interesses.

Por exemplo: através de pesquisas de mercado, usando formulários online, entrevistas ou grupos focais para entender as características demográficas, necessidades, desejos e comportamentos do potencial cliente. 

Além disso, o uso de dados analíticos e de vendas (com a ferramenta Google Analytcs, por exemplo) pode fornecer insights valiosos sobre o perfil dos clientes. 

Com base nessa pesquisa, a empresa pode desenvolver personas (representam o perfil de um cliente, com o objetivo de definir a estratégia e comunicação) e segmentar o público de forma eficaz, direcionando suas estratégias de marketing e comunicação para atender às necessidades específicas do público-alvo identificado.

Estabeleça metas claras: a partir do tópico acima, você terá uma base para definir os objetivos específicos para sua lista de emails, como aumentar as vendas, fortalecer o relacionamento com os clientes, etc.

Coloque sua estratégia em ação: criando sua lista de e-mails

Crie uma landing page

Após identificar seu público, estabelecer suas metas e definir sua oferta de valor, você precisa construir oespaço em que será realizada a captura das informações dos visitantes em troca da sua oferta. Estamos falando da landing page, como no exemplo do Airbnb. 

Uma landing page eficaz é fundamental para atrair leads e converter visitantes em clientes. Por isso, aqui vão algumas dicas de elementos essenciais para criar uma landing page que atraia leads de forma eficiente. 

Ao implementar essas estratégias, você aumentará suas chances de capturar a atenção do público-alvo e obter informações valiosas para criar a sua lista de e-mails e fortalecer seu funil de vendas.

  • Título e subtítulo convincentes e escaneáveis: chame a atenção dos visitantes com um título claro e um subtítulo que destaque os benefícios específicos que eles obterão ao fornecer suas informações.
O Shopify oferece um teste gratuito da plataforma
Página de captura do Shopify com título objetivo e subtítulo que gera confiabilidade

O Shopify oferece soluções de software para e-commerces. Nessa landing page, eles reforçam a confiabilidade do seu serviço ao declarar que ele é utilizado por mais de um milhão de negócios no mundo inteiro.

E para incentivar o usuário a fazer parte, a ação é simplificada: só é solicitado o seu endereço de e-mail. Além disso, o design é convidativo e clean, com as informações e imagens alocadas de forma em que é possível escanear a página de forma rápida, sem perder a mensagem principal. 

  • Design atraente e responsivo: tenha um design atraente, limpo e profissional, com cores agradáveis e imagens relevantes. Certifique-se de que a página seja responsiva para se adaptar a diferentes dispositivos.
A Industrial oferece um guia gratuito
Landing page da Industrial com destaque no Design escolhido pela marca

Essa landing page chama a atenção logo de cara com um título intrigante: “Avoid Zooming In” (Evite dar zoom). Esse título expõe de forma direta uma experiência comum que muitos de nós já tivemos ao navegar pela internet em dispositivos móveis.

No entanto, essa não é a única característica interessante. Observe o uso estratégico da cor vermelha: posicionada nas partes superior e inferior do formulário, ela atrai ainda mais o visitante para o elemento de conversão: o botão de inscrição.

A página é flexível, esteticamente agradável e igualmente funcional em dispositivos móveis. 

É importante ter em mente que muitos visitantes acessam as landing pages por meio de smartphones ou tablets. Se o design do seu site não for responsivo, ou seja, funcional para telas de computadores e dispositivos móveis, é provável que os visitantes desistam e abandonem a página.

Adicione formulário de captura de informações

Estamos falando de formulários opt-in, ou seja, quando as pessoas expressam interesse em receber seus emails. Para isso, inclua um formulário simples e curto, solicitando apenas as informações essenciais (sem muitos campos), como nome e email, para facilitar o preenchimento pelos visitantes.

Um formulário bem projetado é essencial para impulsionar o preenchimento e a conversão dos visitantes. 

  1. Campos essenciais e relevantes

Solicite apenas as informações essenciais e relevantes para a sua finalidade. Quanto mais curto e simples for o formulário, maior será a probabilidade de os usuários preencherem (ex: case da Netflix destacado acima). 

  1. Orientações claras e instruções breves

Forneça orientações claras e instruções breves para cada campo do formulário. Explique de forma sucinta o que é esperado em cada campo e se há algum formato específico a ser seguido (por exemplo, AAAA-MM-DD para a data). Isso ajudará os usuários a preencherem corretamente e evitará erros.

Oferta de cartões com vale para empresas da iFood
O iFood Card dá instruções para o contato de WhatsApp e a quantidade estimada de cards

Mesmo se o lead não for comprar, ele terá um orçamento sobre os valores referentes aos cards da marca. Sendo assim, o iFood Card pede algumas informações e dá dicas de como os campos devem ser preenchidos, conforme o exemplo do DDD. 

  1. Progresso visível

Se o formulário tiver várias etapas, forneça um indicador visível de progresso para que os usuários saibam em qual etapa estão e quanto falta para finalizar. Isso ajuda a reduzir a sensação de sobrecarga e motiva os usuários a completarem o processo.

O cadastro da Nubank, que começa pedindo o CPF do cliente
O formulário da página de entrada do Nubank possui progresso visível
  1. Validação em tempo real

Implemente validação em tempo real para ajudar os usuários a corrigirem erros no preenchimento do formulário. Por exemplo, ao inserir um endereço de email incorreto, exiba uma mensagem de erro imediatamente e sugira a correção. Isso melhora a experiência do usuário e evita frustrações.

Um formulário com mensagens automáticas que informam que o formato do e-mail está incorreto e que a senha possui caracteres insuficientes
O preenchimento do formulário fica muito mais fácil quando o usuário entende o que precisa corrigir
  1. Mobile-friendly

Certifique-se de que o formulário seja totalmente otimizado para dispositivos móveis. Mais pessoas estão usando smartphones e tablets para acessar a web, então seu formulário deve ser responsivo e fácil de preencher em telas menores. 

Garanta que todos os elementos sejam bem ajustados e legíveis (ex: case da Industrial destacado acima).

  1. Garantia de privacidade e segurança

Inclua informações claras sobre a política de privacidade e segurança dos dados coletados. Isso ajuda a aumentar a confiança do usuário e o incentiva a preencher o formulário com tranquilidade.

A Azul também oferece conteúdos exclusivos
Conta Azul como exemplo de formulário com garantia de privacidade e segurança
  1. Call to Action (CTA) persuasiva

O termo em inglês já é autoexplicativo sobre o papel da CTA: convite à ação. Ela serve como uma ponte para determinada ação que, neste caso, é o envio do email do visitante da sua landing page. 

É através do gatilho da CTA que toda a sua estratégia de captura de email será concretizada. Por isso, ela precisa chamar atenção. Como? Temos algumas dicas:

  • crie urgência. Palavras como “hoje” e “agora” mostram o quão fácil e imediata é a ação
  • ela precisa ser visualmente destacada, transmitindo a ação que você deseja que o visitante execute
  • a cor e o tamanho contam quando você busca atenção para uma ação específica
Formulário de cadastro do Dropbox
Neste formulário do Dropbox, a cor do botão se destaca, além do conteúdo completar a ação da página
Cadastro na newsletter do Nubank, que oferece conteúdo exclusivo
Formulário do Nubank com cor destacada, ação e gatilho de atração na palavra “quero”

Otimize seu website/landing page para a captura de leads: ao otimizar seu website para a captura de leads, você estará maximizando suas chances de converter visitantes em leads qualificados, fortalecendo assim o seu funil de vendas e impulsionando o crescimento do seu negócio.

  • Posicione formulários de inscrição: coloque formulários de inscrição em locais estratégicos do seu website/sua landing page, como na barra lateral, no cabeçalho ou ao final dos artigos.

Utilize pop-ups de saída ou banners

Considere o uso de pop-ups de saída ou banners para chamar a atenção dos visitantes e convidá-los a se inscreverem na sua lista.

Os pop-ups de saída são acionados quando os visitantes estão prestes a deixar seu site. Aproveite essa oportunidade para oferecer um incentivo adicional, como um desconto exclusivo ou acesso a conteúdo restrito, em troca do endereço de e-mail. 

Essa abordagem pode aumentar significativamente as taxas de conversão.

Pop-up do site da Pet Shop
Exemplo da Pet Shop com um pop-up de saída oferecendo 7 dias gratuitos

Criar lista de emails: dicas do que fazer e o que evitar

Para que a sua lista seja construída de forma ética e seja eficaz, é importante seguir algumas diretrizes. Separamos algumas dicas sobre o que fazer e o que não fazer ao montar uma lista de e-mails.

E vamos começar com o que fazer

Consentimento

Sempre obtenha o consentimento explícito dos usuários antes de adicioná-los à sua lista de e-mails. Isso é fundamental para respeitar a privacidade e as diretrizes de proteção de dados. 

Utilize opt-ins claros e transparentes, onde os usuários possam escolher ativamente se desejam receber comunicações de marketing. Vale destacar que essas informações não devem ser pré-preenchidas, ou seja, são sempre os usuários que devem assinalar [ou não].

Formulário de cadastro que dá ênfase ao consentimento
Esse opt-in usa também check-boxes para garantir que o visitante esteja ciente das Políticas de Privacidade do serviço oferecido

Desistência da inscrição

Assim como o consentimento, é importante fornecer aos destinatários a opção de cancelar sua inscrição de forma fácil e direta, sem complicações ou obstáculos desnecessários. 

Incluir um link de cancelamento de assinatura em cada email enviado é uma forma de respeitar a escolha e privacidade dos usuários, evitando que se sintam presos a uma comunicação indesejada.

Exemplo: no rodapé de cada e-mail, você pode incluir um link com a opção de “Cancelar a assinatura” para que os usuários possam optar por não receber mais emails.

Além disso, um botão claro de desistência ajuda a evitar possíveis frustrações e até mesmo a marcação de seus e-mails como spam. Ao garantir uma experiência positiva de cancelamento de inscrição, você demonstra transparência, respeito pela privacidade e constrói uma relação de confiança com seus destinatários.

O e-mail de boas-vindas do Spotify reforça o branding com uma linguagem informal
O Spotify já sinaliza no e-mail de boas-vindas que é fácil cancelar a inscrição na lista deles

Segmentação

Segmentar sua lista de e-mails com base em interesses, preferências e comportamentos é uma prática recomendada. Isso permitirá que você envie mensagens mais relevantes e personalizadas para cada segmento, aumentando a taxa de engajamento e conversão.

A seguir, listamos o que você não pode fazer se deseja ter uma lista eficiente e que te traga resultados positivos!

Comprar listas de e-mails

Evite comprar listas de e-mails de terceiros. Essas listas geralmente contêm endereços desatualizados, contatos irrelevantes ou pessoas que não consentiram em receber suas comunicações. Isso pode prejudicar sua reputação e comprometer a eficácia das suas campanhas.

Enviar spam

Nunca envie e-mails não solicitados ou em massa sem o consentimento dos destinatários. Isso é considerado spam e pode causar danos irreparáveis ​​à sua reputação. Mantenha-se em conformidade com as leis de proteção de dados e certifique-se de que seus destinatários optaram ativamente por receber suas mensagens.

Sobrecarregar a caixa de entrada

Evite sobrecarregar sua lista de e-mails com envios excessivos. Respeite a frequência de contato adequada para cada segmento e evite enviar e-mails com muita frequência, o que pode levar à desinscrição ou à falta de engajamento.

Ignorar as métricas

Não ignore as métricas e os dados fornecidos pelas ferramentas de e-mail marketing. Acompanhe as taxas de abertura, cliques e conversões para entender o desempenho das suas campanhas. Utilize essas informações para fazer ajustes e melhorias contínuas.

Seguindo essas diretrizes, você estará no caminho certo para montar uma lista de emails eficaz e envolvente. Lembre-se de sempre agir de forma ética, respeitar a privacidade dos usuários e fornecer valor genuíno em suas comunicações por email.

Lembrando que aqui na Selzy, você encontra soluções completas para as diferentes estratégias com email. 

Comece sua campanha de emails com a gente: começar agora! 

Artigo escrito por
Jaqueline Oliveira
Sou formada em Jornalismo, e apaixonada pela escrita criativa. Especialista em redação, com experiência em copywriting e UX writing, comecei minha jornada em assessorias de imprensa e agências de comunicação, e hoje atuo com redação criativa. Amo cinema e cultura pop, e nas horas vagas dou uma de entendida, escrevendo críticas e resenhando filmes. LinkedIn
Saiba mais Jaqueline

Artigos mais recentes